NATURALISMO: RESUMO, CARACTERÍSTICAS, CONTEXTO HISTÓRICO, PRINCIPAIS AUTORES E OBRAS

Procurando mais conteúdo sobre o Naturalismo na literatura? Aqui no Vá Ler Um Livro você vai reforçar seu conhecimento! Antes, que tal dar uma olhada nesse vídeo? Depois veja nosso post com um resumo desse movimento literário.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Resumo e características do Naturalismo

O Naturalismo acontece ao mesmo tempo em que o Realismo. Então o contexto histórico vai ser o mesmo, e vamos relembrar daqui a pouco. Assim como o Realismo, o Naturalismo é um movimento antirromântico, e que preza pela objetividade na literatura. Mas o Naturalismo tem algumas características próprias, que são:

– mostrar as classes sociais mais baixas e a grande diferença etre o proletariado e a classe nobre.

– personagens tipo: os personagens são estereotipados, como o preguiçoso, a mulher promíscua etc.

– romance tese: nada acontece por acaso na história, tudo tem o objetivo de exemplificar algo.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Contexto Histórico do Naturalismo

Como já vimos no Realismo, muitas mudanças ocorreram na sociedade naquela época. A Segunda Revolução Industrial estava acontecendo, o segundo reinado estava acabando e a escravatura tinha acabado de ser abolida.

Mas também é importante entender algumas teorias da época, e que Naturalismo seguia:

Positivismo: Você deve conhecer essa corrente filosófica por causa do lema “ordem e progresso” que está na bandeira do Brasil. Aqui, conhecimento só vale se for cientificamente comprovado.

Determinismo: Eles acreditavam que o homem é um produto do meio em que vive, da raça e classe social.

Darwinismo: Acreditam no conceito de que só os aptos sobrevivem.

Obras do Naturalismo

Agora junte isso tudo que vimos e temos as obras literárias do Naturalismo. Uma das mais famosas é “O Cortiço”, de Aluísio de Azevedo. Nesse livro vemos uma crítica social à exploração e as terríveis condições de vida dos moradores de um cortiço do Rio de Janeiro, no final do século XIX.

EXEMPLO

“E naquela terra encharcada e fumegante, naquela umidade quente e lodosa, começou a minhocar, a esfervilhar, a crescer, um mundo, uma coisa viva, uma geração, que parecia brotar espontânea, ali mesmo, daquele lameiro, e multiplicar-se como larvas no esterco.”

Já “O Ateneu”, de Raul Pompeia, é um livro mais impressionista, mas possui algumas características do Naturalismo. A obra traz as impressões e memórias do autor, porém transmite a realidade da época, com os personagens tipo.

Nessas duas obras temos a presença pela primeira vez de personagens homossexuais na literatura brasileira. Em “O Cortiço” o homossexualismo é feminino, e em “O Ateneu” é masculino.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});