O que cai na FUVEST primeira fase? Tudo o que você precisa saber sobre literatura

Saber o que cai na FUVEST é essencial para quem deseja realizar um dos principais vestibulares do país. Talvez perca em popularidade apenas para o ENEM, pela sua abrangência. A prova é o caminho para quem deseja estudar na USP (Universidade de São Paulo), que é reconhecida pela sua qualidade e pelo grande investimento na parte da pesquisa.

Antes de qualquer coisa, você precisa entender que a prova é dividida em duas etapas. A primeira fase é formada por 90 questões de múltipla escolha sobre as áreas do conhecimento que estão na sua grade curricular do ensino médio: Língua portuguesa, matemática, história, geografia, inglês, biologia, física e química.




Nesta primeira fase, as questões de literatura estão dentro do bloco de língua portuguesa. Essas questões seguem um conteúdo pré-definido. O que isso significa? A lista de obras obrigatórias da FUVEST se renova a cada três anos. A última mudança foi no ano de 2017 e as nove obras que estão no conteúdo nas provas destes anos são:

Obras portuguesas:

Obras brasileiras:

Obras africanas:

Mas, afinal, o que cai na FUVEST de literatura?

logo da usp para o o que cai na FUVEST (fundação universitária para o vestibular)Especificamente, esses livros da lista de leituras obrigatórias são selecionados para ter uma abrangência grande de momentos históricos diferentes. Nessa lista, por exemplo, há obras do romantismo, naturalismo, realismo e modernismo. São escolas muito diferentes, cada uma com suas particularidades.

Diferente do ENEM, que é uma prova que analisa suas competências e habilidades, a FUVEST é uma prova de vestibular mais focada no conteúdo. Isso quer dizer que não adianta apenas ter uma boa capacidade de interpretação de texto. A FUVEST, até por ser uma faculdade extremamente “acadêmica”, cobra que você esteja inserido na linguagem e nos conceitos fixados pela academia.

Muitas faculdades hoje, sobretudo as particulares, estão focadas na formação prática e profissional. A faculdade acaba sendo um estágio anterior ao trabalho, como um curso profissionalizante onde você entra em contato com conceitos e práticas que você provavelmente verá no dia a dia da carreira que você escolheu ao se matricular. No caso da FUVEST, isso é diferente. Originalmente, a ideia de uma universidade é produzir conhecimento.

Tudo o que você estudou ao longo da sua jornada estudantil, desde o jardim de infância até o final do ensino médio, foram a base para que você se tornasse um cidadão pensante, ciente de como o nosso mundo funciona. Agora, na universidade, é hora de especificar esses conhecimentos na área do conhecimento onde você decidiu se especializar. A graduação é apenas o começo de uma vida acadêmica que pode ser complementada com pós graduação, mestrado e doutorado. E por que estamos dizendo isso? Porque é essa a alma da prova da FUVEST: mostrar que você tem a capacidade de identificar conceitos muito bem estabelecidos.




Não é o suficiente saber que o Machado de Assis costumava fazer críticas sociais em seus textos. É importante entender que ele faz parte da corrente literária do realismo, que tinha como objetivo produzir textos que não fossem tão idealizados como no romantismo (escola literária anterior). É preciso entender que essa escola literária estava focada na prosa, que fazia ironia com figuras importantes da sociedade, que tirava a mulher da posição de musa inspiradora, pura e intocável e a trazia diretamente para o mundo real, onde há traições, ambições, conflitos e todas as outras coisas que são inerente aos seres humanos. Entende?

Para estudar a parte de literatura que cai na FUVEST, é preciso ler os textos obrigatórios e entender o contexto social, econômico e filosófico nos quais estas obras e autores estão inseridos.

Para facilitar sua vida e seus estudos, nós aqui do Vá Ler Um Livro fizemos uma playlist no youtube explicando o resumo de tudo que você precisa saber para mandar bem na parte de literatura na FUVEST. Também temos uma playlist com resenhas de cada um dos livros obrigatórios para a prova, onde você pode tirar suas principais dúvidas e revisar os conceitos que você viu na sala de aula de um jeito mais leve e descontraído.