Browse By

Como começar a ler livros em inglês: dicas e passo a passo definitivo

Começar a ler livros em inglês não é só um desafio na vida de muitas pessoas. Além de uma ótima maneira de praticar o idioma, também é um marco que quase grita: consegui! Eu sei ler livros em inglês! É como se fosse uma validação de todo o aprendizado da língua.

Aí é que mora o problema. Muitas pessoas jogam muita expectativa a respeito dessa primeira experiência, como se na primeira palavra que não entendêssemos fosse sinal de que não estamos prontos, que nosso curso de inglês foi dinheiro jogado fora, entre outras ideias erradas.

Então, veja logo abaixo o guia de dicas essenciais com passo a passo simples para você se dar bem nesse início e ganhar confiança no inglês para ler tudo que der vontade.



1 – Como escolher a primeira leitura para ler livros em inglês

A escolha da obra é uma parte bem importante do processo de  porque pegar um livro que seja complicado demais (em questões de linguagem) pode ser muito frustrante.  Por isso, há quatro boas alternativas para fazer essa escolha, veja qual é melhor para você:

1.1

Algo que você pode fazer, por exemplo, é conhecer mais sobre os clássicos infantis. E isso, de maneira alguma, significa ler livros bobos ou piores. Há grandes livros como As Aventuras de Tom Sawyer, As Viagens de Gulliver ou O Mágico de Oz (The Adventures of Tom Sawyer, Gulliver’s Travels e The Wonderful Wizard of Oz nos originais).

(clique na capa para comprar o seu preferido e começa a ler em inglês)

ler livros em inglês 1

Tom Sawyer é um jovem órfão que vive com seu irmãozinho Sid na casa de sua tia Polly. Preguiçoso de marca maior, ele se recusa a fazer qualquer esforço, salvo quando se trata de seduzir a bela Becky. Com seu companheiro Huck, Tom se entrega a todo tipo de bagunça; os dois vivem pregando peças e pintando o sete, até o dia em que testemunham um assassinato…

 

 

 

 

 

ler livros em inglês 2

As viagens de Gulliver é um clássico da literatura inglesa, escrito por Jonathan Swift em 1726. A narrativa de aventura conta as viagens de Lemuel Gulliver por países um tanto excêntricos, onde conhece culturas e povos jamais imagináveis. O que parece uma literatura inocente é uma reflexão categórica e simbólica da Inglaterra e mesmo da sociedade europeia do século XVIII. A narrativa de Jonathan Swift é notável, pois é leve e envolvente, tornando-a uma literatura atemporal.

 

 

 

 

ler livros em inglês 3

Um ciclone repentino levou Dorothy e seu cachorro Totó para uma terra desconhecida e misteriosa. Lá a menina conheceu o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão Covarde, e com eles viveu grandes aventuras, no meio de uma porção de seres fantásticos.
Mas tudo o que Dorothy queria era voltar para casa. E, junto com seus novos amigos, seguiu pela Estrada de Tijolos Amarelos, rumo à Cidade das Esmeraldas, para falar com o Grande Mágico de Oz.

 1.2

Caso você não seja o maior fã de livros infantis, você pode também começar com contos. Nesse território da literatura, que muita gente ignora por preferir romances grandes, há muita coisa boa.



Nossa principal recomendação são os contos de Charles Dickens, um ótimo escritor que falava muito sobre desigualdade social, sempre em histórias emocionantes, cheias de aventura, que dão gosto de ler.
Outro inglês que mandava muito bem nos contos é o Edgar Allan Poe. Ele tinha uma pegada sombria e é conhecido por ter moldado os livros de suspense/policiais como conhecemos hoje. Ele é apenas maravilhoso, e talvez a questão da linguagem seja mais desafiante, mas como é um conto, dá pra ir e voltar, pesquisar um pouquinho, sem perder a meada da história.
Caso você não conheça o Poe, dá só uma olhada nesse vídeo de leitura (com direito a animação) do seu poema mais famoso: O Corvo. Nesse vídeo conseguimos sentir a atmosfera sombria que está presente em toda a obra do autor inglês.

1.3

ler livros em inglês 4Você nunca teve a curiosidade de saber como é aquele livro no original? Para quem ainda não se sente completamente seguro, uma boa alternativa é pegar a versão americana (ou inglesa) de algum livro que você já tenha lido na vida, goste muito e gostaria de reler.

Assim você tem duas vantagens: conhece mais sobre o seu escritor ou escritora favorito e pode contar com uma ajudinha da sua versão brasileira na estante (ou no ebook ao lado). Na hora que bater dúvida, basta procurar como trecho ficou em português para entender o contexto e até conseguir entender.

1.4

Este é o meio de escolha mais desafiador. Escolha o livro que você sempre quis ler, seu sonho de consumo da literatura escrito em língua inglesa e vai. Se você é o tipo de pessoa que só consegue fazer algo quando absolutamente todo o seu interesse e sua alma estão dedicados a isso, então essa é a melhor opção.




Mesmo que você não tenha lido nada deste autor ou autora, mesmo que seja um livro grande, mesmo que haja muitas particularidades e você tenha que pesquisar no Google durante muito tempo: nada disso vai importar porque você vai estar lendo aquele livro, no original. Pode ser mais difícil do que as outras opções, mas certamente será recompensadora.

2 – Truques e segredos para ler livros em inglês com facilidade (e focar na leitura até o final)

Seu livro já está escolhido, você já está com ele em mãos e agora é hora de começar a sua aventura em outro idioma. Existem algumas coisas que você precisa saber a partir desse ponto que vão fazer toda a diferença na sua leitura e que podem te ajudar a chegar ao final do livro sem tantas dificuldades.

2.1

livros em ingles 12Fica mais fácil. Sim, é claro, a experiência da leitura foi ficando mais fácil em português e para ler livros em inglês o processo será o mesmo, mas não é disso que estamos falando! Ler em um novo idioma é que nem terminar namoro: no começo pode ser muito difícil, doloroso, dá vontade de desistir, mas aí você vai pegando o jeito e as coisas vão ficando bem.

Cada escritor tem um estilo próprio, os personagens tem características específicas, jeitos de falar específicos, entre outras coisas. Então, caso você não conheça uma palavra ou expressão, no primeiro ou segundo capítulo pode ser que você precise pesquisar ou pensar um pouco a respeito, mas como esse estilo vai se manter até o final do leitura, essas próprias repetições tornarão o processo de entendimento natural.

Assim, você terá uma grande surpresa quando se der conta de que, sem esforço nenhum, pegou aquele comentário sarcástico ou conseguiu imaginar uma cena do jeito que ela foi descrita sem precisar fazer um esforço para visualizar the yellow brick road ou qualquer outra passagem do seu livro escolhido.



2.2

Não deixe a pesquisa de lado. Existirá um momento em que isso não será tão necessário, mas é hora de assumir: não importa quão bom tenha sido seu curso de inglês, seu professor ou quantos anos você ficou na escola. O inglês é um idioma diferente do que você usa todos os dias desde que você nasceu e você SEMPRE vai precisar fazer alguma pesquisa porque a língua é um organismo vivo, mutável e de contextos que mudam o significado das palavras.

Provavelmente, aquela palavra (ou frase) que você não entendeu já foi vista antes em alguma música, filme, seriado, camiseta da Renner e por aí vai. Se você realmente não consegue pegar a ideia da palavra, não prossiga a leitura ignorando o fato de que você perdeu um pedacinho da história. Entenda o que a palavra significa (até porque, é muito possível que ela apareça novamente na sua vida) e siga o jogo.

Uma coisa que pode te ajudar a colocar a sua cabeça para seu objetivo de ler livros em inglês funcionar é pesquisar o significado desta palavra que você não conhece em inglês. Quando você procura “meaning of…” ao invés de “o que significa…” e lê o resultado em inglês, você entende qual o papel daquela palavra (que talvez não seja exatamente o mesmo em português) e ainda foge da resposta “fácil”.

2.3

ler livros em inglês 19Esqueça o português e siga um capítulo por vez. Uma mania que temos quando estamos lendo em inglês ou qualquer outro idiota é tentar fazer esse processo de tradução simultânea em nossa mente, fazendo com que tudo demore o dobro do tempo.

Tente realmente ler em inglês, sem pensar no significado disso na nossa língua. Comece a pensar em inglês, mesmo quando tem dúvidas. What do you mean? I don’t know this word. Let figure it out.  Pode parecer um pouco ridículo a primeira vista, mas é essa a imersão necessária para que você tenha uma boa experiência e consiga entender e aproveitar ao máximo a sua leitura.



Após cada capítulo, tente fazer um resuminho, mesmo que lentamente, tudo que você leu. Entender um capítulo é uma missão mais rápida e mais fácil do que entender o livro inteiro. Assim se você não está sentindo segurança, sabe exatamente qual foi o problema na leitura. E caso tudo tenha dado certo, são pequenas recompensas ao longo do caminho até a última página do seu livro.

Ler livros em inglês é muito mais fácil do que parece e é extremamente recompensador saber que todas aquelas frases aparentemente soltas que você aprendeu desde o início do seu curso, todos aqueles cumprimentos e regras gramaticais tem sim uma aplicação prática e extremamente recompensadora.

Com essas dicas, é certo que você estará com tudo o que precisa para começar a ler livros em inglês! Boa leitura!