Browse By

Linguagem denotativa: o que é e exemplos em reportagens!

Já vimos aqui no Vá Ler um Livro  o sentido de linguagem conotativa e quando ela deve ser usada, quando ocorre o oposto chamamos de linguagem denotativa.  Ou seja, a palavra quer dizer aquilo mesmo que ela é!



Casos em que se usa Linguagem Denotativa

linguagem denotativaVimos que na literatura e na música é muito usada a linguagem conotativa. Já a linguagem denotativa está presente na maioria das vezes em reportagens, artigos científicos, manual de instruções, receitas culinárias etc. A função desses textos é transmitir a informação de forma precisa, por isso as palavras nesses casos tem seu significado literal.

 

Exemplos de Linguagem Denotativa

Há muitos exemplos no nosso dia a dia que envolvem a linguagem denotativa. “A professora pediu aos alunos que pegassem o caderno de Geografia” significa literalmente o que está escrito, sem margem para outras interpretações.

Como mencionamos as reportagens também sempre utilizam esse tipo de linguagem, pois precisam transmitir ao leitor o máximo de clareza e informações precisas.



Exemplo:

O Carnaval de rua, tradição de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, vai reunir uma multidão nas ladeiras de pedra em busca de diversão. A cidade tem um dos carnavais mais tradicionais de Minas com festa para todos os gostos: shows de axé, samba, funk, pop rock, blocos caricatos, grupos de percussão e as baladas nas repúblicas.

No palco principal, se revezam de sexta (13) a terça-feira (17) as apresentações de Jota Quest, Sambô, Inimigos da HP, Biquini Cavadão e Wilson Sideral. Todas as tardes e noites, as bandas locais Bartucada e BatCaverna fazem a alegria da galeria com sucessos em ritmo de Carnaval.

(Fonte: R7)

As descrições de plantas e animais, por exemplo, também são feitas com linguagem denotativa.

Exemplo:

Helianthus annus é o nome científico do Girassol, uma Dicotiledônea da família das Compostas. Essa planta é originária do Oeste da América do Norte e pode produzir flores o ano todo, em temperaturas entre 18 e 30°C. Suas sementes são utilizadas na alimentação e para fins medicinais e seu óleo tem diversas aplicabilidades, sendo utilizado na alimentação e, inclusive, como biocombustível.