Browse By

Oscar 2018: quase 20 filmes indicados que são adaptações literárias!

O Oscar está chegando, é dia 4 de março! E além de fazer uma maratona vendo todos os filmes que estão concorrendo, que tal ler as obras em que esses filmes foram baseados? Separamos todos os longas que concorrem e que são baseados em livros! Confira!

A Forma da água – Guillermo Del Toro e Daniel Kraus

Livro A Forma da Água, que foi adaptado e concorre ao Oscar

O primeiro livro da lista é uma exceção, pois o livro surgiu depois do filme, não sendo adaptado, como geralmente ocorre. A história mostra a vida de uma mulher que trabalha em um laboratório em que fazem experiências com um ser místico, que é meio homem e meio anfíbio. A obra está na pré-venda no Brasil pela Editora Intrínseca. O longa recebeu 13 indicações no total: melhor filme, melhor diretor, melhor atriz, melhor roteiro original, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, melhor mixagem de som, melhor edição de som, melhor trilha sonora, melhor design de produção, melhor fotografia,  melhor figurino e melhor edição.

Mudbound – Lágrimas Sobre o Mississipi – Hillary Jordan

Livro Mudbound, que foi adaptado e concorre ao Oscar

Lançado pela Arqueiro, a obra é narrada por diversos personagens, entre eles uma mulher que vive em uma situação de extrema pobreza com a família, e se muda para uma fazenda do Mississippi, porém a situação por lá também não é das melhores. O filme será distribuído pela Netflix, com lançamento no dia 15 de fevereiro no Brasil. Concorre ao Oscar em: melhor roteiro adaptado, melhor atriz coadjuvante, melhor fotografia e melhor canção.

Victoria & Abdul – Shrabani Basu

Livro Victoria & Abdul, que foi adaptado e concorre ao Oscar

A obra é baseada em fatos reais, e conta a história da amizade entre a rainha Victoria, da Inglaterra, e um serviçal indiano chamado Abdul. Tudo começou quando um dia ele foi servi-lá e olhou para ela, coisa que na época (e possivelmente hoje em dia também) não podia. A história foi descoberta por uma jornalista, anos depois, enquanto ela pesquisava sobre o tempero curry e os costumes da Índia. Infelizmente  o livro não foi traduzido para o Brasil. Já o filme concorre ao Oscar nas categorias de melhor figurino e melhor maquiagem e cabelo.

O Destino de uma Nação – Anthony McCarten

Livro O Destino de uma Nação, que foi adaptado e concorre ao Oscar

O livro é escrito pelo roteirista do filme, e foi lançado no Brasil pela Editora Planeta, pelo selo Crítica. O filme concorre à premiação nas categorias de melhor ator, melhor design de produção, melhor fotografia, melhor figurino e melhor maquiagem e cabelo. A história também é baseada em fatos reais, e mostra o período em que Winston Churchill assumiu como Primeiro-Ministro do Reino Unido, e teve a difícil missão de comandar enquanto Hitler tentava invadir a Inglaterra.

A Outra Face – Deborah Ellis

Livro A Outra Face, que foi adaptado e concorre ao Oscar

O livro foi lançado no Brasil pela Editora Ática, e adaptado para uma animação com o nome de The Breadwinner, tendo como produtora-executiva Angelina Jolie. A obra mostra a história de uma menina afegã que teve o irmão morto e o pai preso, e precisou se passar por um menino para poder trabalhar e sustentar a família durante o regime talibã, no Afeganistão.

Me Chame Pelo Seu Nome – André Aciman

Livro Me chame pelo seu nome, que foi adaptado e concorre ao Oscar

Outro livro da Editora Intrínseca que foi adaptado para os cinemas. No Oscar, a obra concorre como melhor filme, melhor ator, melhor roteiro adaptado e melhor canção. A história gira em torno do romance de dois homens bissexuais, um jovem italiano de 17 anos que mora com os pais, e um americano mais velho.

A Grande Jogada – Molly Bloom

Livro A grande jogada, que foi adaptado e concorre ao Oscar

Esse romance autobiográfico conta como uma mulher se tornou a rainha do pôquer nos Estados Unidos, realizando grandes jogadas ilegais, até que o FBI a prende. Dois de seus clientes famosos eram Leonardo DiCaprio e Ben Affleck. O filme concorre na categoria de melhor roteiro adaptado. No Brasil o livro também chegou pela Intrínseca.

All The Money In The World – John Pearson

Livro All the money in the world, que foi adaptado e concorre ao Oscar
A história é baseada em fatos reais, e mostra o sequestro do neto de um milionário do petróleo nos Estados Unidos. Os criminosos pediram milhões pelo resgate do jovem, mas o avô dele se recusou a pagar. O livro só vai ser lançado no Brasil em fevereiro, pela Editora HarperCollins. O filme foi indicado ao Oscar na categoria melhor ator coadjuvante, com Christopher Plummer. O interessante é que quem gravou as cenas originalmente desse papel foi o ator Kevin Spacey, que foi substituído após ter recebido denúncias de assédio e confessar.

The Disaster Artist – Greg Sestero e Tom Bissell

Livro the disaster artist, que foi adaptado e concorre ao Oscar

A narrativa autobiográfica mostra como dois atores decidiram produzir e estrelar o próprio filme, chamado “The Room”, que ficou conhecido como o pior filme da história! James Franco decidiu produzir e atuar no filme sobre o filme, e chamou seu irmão Dave Franco pra fazer o papel do melhor amigo. O longa recebeu indicação na categoria de melhor roteiro adaptado. O livro não foi lançado no Brasil por enquanto.

Blade Runner – Philip K. Dick

Livro blade runner, que foi adaptado e concorre ao Oscar

Esse clássico da ficção científica ganhou mais uma versão, estrelado por Ryan Gosling e Harrison Ford. O longa foi indicado ao Oscar nas categorias de melhor fotografia, melhores efeitos visuais, melhor mixagem de som, melhor edição de som e melhor direção de arte.

O Touro Ferdinando – Munro Leaf

Livro O Touro Ferdinando, que foi adaptado e concorre ao Oscar

Essa história infantil foi indicada como melhor animação, e tem como personagem principal um touro que é gentil e delicado. O longa foi dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha, que já trabalhou em “A Era do Gelo” e também dirigiu “Rio”.

Dear Basketball

Poesia Dear Basketball foi adaptada e concorre ao Oscar

Esse curta animado foi inspirado em uma poesia do ex-jogador de basquete Kobe Bryant, que a escreveu como despedida quando se aposentou. O ex-atleta produziu o curta de seis minutos, que teve direção de Glen Keane.

 Revolting Rhymes – Roald Dahl

Livro Revolting Rhymess, que foi adaptado e concorre ao Oscar

Esse livro infantil foi feito pelo mesmo escritor de “A Fantástica Fábrica de Chocolate” e “Matilda”, e também concorre como melhor curta animado. A história mistura os clássicos contos de fadas da Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho e Os Três Porquinhos.

A Bela e a Fera

Livro A Bela e a Fera, que foi adaptado e concorre ao Oscar

Esse clássico dos contos de fadas não ficou de fora do Oscar. O filme em live action, estrelado por Emma Watson, foi indicado como melhor design de produção e melhor figurino.

Wolverine – O Velho Logan

HQ Logan foi adaptada e concorre ao Oscar

Outro clássico, dessa vez das HQ’s, foi lembrado pela Academia. Logan concorre como melhor roteiro adaptado.

Guardiões da Galáxia Vol. 2

HQ Guardiões da Galáxia foi adaptada e concorre ao Oscar

A continuação da versão cinematográfica da HQ que tem como protagonista o Senhor das Estrelas concorre na categoria de melhores efeitos visuais.

O Planeta dos Macacos – Pierre Boulle

Livro Planeta dos Macacos foi adaptado e concorre ao Oscar

O terceiro filme dessa adaptação cinematográfica mostra o momento que os macacos dominaram a Terra. O longa foi indicado para melhores efeitos visuais.

Extraordinário – R.J. Palacio

Livro Extraordinário foi adaptado e concorre ao Oscar

A história de Auggie, um menino que tem algumas deformações na face e precisa lidar com o bullying, concorre como melhor maquiagem e cabelo.

Star Wars – The Last Jedi – Michael Reaves e Maya Kaathryn Bohnhoff

Livro The Last Jedi foi adaptado e concorre ao Oscar

A saga queridinha dos nerds foi indicada em melhor edição de som, melhor mixagem, melhor trilha sonora e melhores efeitos visuais.